ATÉ QUANDO, BRASIL? │ SALDO DO DIA 16.04.21

Crescimento do mundo, sob liderança de EUA e China, vem segurado as pontas do Ibovespa e reduzido o prêmio de risco nacional. Mas enquanto apetite estrangeiro respinga no Brasil, volumes reduzidos de negociações refletem os riscos locais. Incertezas fiscais, políticas e institucionais perigam atrasar ainda mais o fim da crise humanitária e econômica. Com vacinas de menos e problemas demais, retomada externa pode até mitigar solavancos nos ativos. Mas não fará verão sozinha para sempre aos investidores locais

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.