Bitcoin atinge nova MÁXIMA HISTÓRICA! | O que vai acontecer com o Bitcoin?

Artigo completo do Ray Dalio: https://www.bridgewater.com/research-and-insights/ray-dalio-what-i-think-of-bitcoin

Lista de espera para a próxima turma do meu treinamento: http://bit.ly/pr-listaespera

O Bitcoin é o assunto do momento!

Elon Musk comprou 1,5 BILHÕES de dólares em Bitcoin?! A Tesla vai começar a aceitar Bitcoin como forma de pagamento?! O Bitcoin vai começar a ser aceito globalmente?! Todas essas perguntas serão respondidas no vídeo de hoje!

Diante de toda essa zona, é preciso ter a cabeça no lugar pra distinguir o que é uma boa oportunidade do que é apenas mais um sinal claro do FOMO (fear of missing out)

Por isso, nada melhor do que ouvir o que uma das maiores referências da história no mundo dos investimentos tem a dizer sobre a moeda.

Ray Dalio escreveu um artigo no dia 28/01/2021 sobre o que ele pensa sobre o Bitcoin.

Ele começa com: “Estou escrevendo isso para esclarecer o que penso do Bitcoin. Por favor, preste atenção ao que estou dizendo aqui e não ao que os meios de comunicação estão dizendo, porque isso sim é confiável.”

Pontos positivos

– Ele acredita que o Bitcoin é uma baita invenção;

– Não há muitos ativos alternativos semelhantes ao ouro neste momento de crescente necessidade deles;

– Ele admira muito como o Bitcoin resistiu ao teste de 10 anos enquanto muitos duvidaram que não fosse durar tanto.

Pontos negativos

– O Bitcoin é escasso, mas as moedas digitais não:

“Embora o Bitcoin seja limitado no fornecimento, as moedas digitais não são limitadas porque novas surgiram e continuarão a surgir outras para competir, então o fornecimento de ativos semelhantes ao Bitcoin deve, e a competição, desempenhar um papel na determinação do Bitcoin e outros preços de criptomoedas.

Por essas razões, o argumento da “oferta limitada” não é tão verdadeiro quanto pode parecer. por exemplo, se os celulares Blackberry tivessem um suprimento limitado, ainda assim não valeriam muito, porque foram substituídos por concorrentes mais avançados.”;

– Ele presume que surgirão outros melhores e substituirão este, porque é assim que funciona a evolução de tudo.

Pontos de atenção

– Ele admira como, até agora, o Bitcoin tem funcionado tão bem e não foi hackeado. Ainda assim, o risco cibernético é um risco que não posso ignorar;

– No que diz respeito à oferta/demanda, embora a oferta seja conhecida, a demanda de longo prazo é difícil de saber;

– Quão privado ele é e o que o governo irá permitir ou não permitir seu uso?

“Com relação à privacidade, parece que o Bitcoin provavelmente não será tão privado quanto algumas pessoas supõem. Afinal, é um livro público e uma quantidade significativa de Bitcoins é mantida de forma não privada.
Se o governo (e talvez os hackers) quiser ver quem tem o quê, duvido que a privacidade possa ser protegida”;

– Risco: se o governo quiser proibir o Bitcoin, ele provavelmente conseguirá. Consequentemente, a demanda por ele cairia.

Começando com a formação do primeiro banco central (o Banco da Inglaterra em 1694), por razões lógicas, os governos queriam controle sobre o dinheiro e protegeram sua capacidade de ter apenas dinheiro e crédito dentro de suas fronteiras.

“Eu suspeito que o maior risco do Bitcoin é ter sucesso, porque se tiver sucesso, o governo vai tentar matá-lo e eles têm muito poder para ter sucesso.”

A conclusão disso… você acompanha no vídeo de hoje!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.