QUE DIA, QUE SEMANA, QUE MÊS… │ SALDO DO DIA 29.01.21

Janeiro começou para o Ibovespa no embalo de dezembro. O índice vinha em alta forte, levado pelo fluxo estrangeiro em busca de pechinchas globais e expectativas de rápida solução trazidas por vacinas. Logo na primeira semana do ano, subiu 5% e bateu dois recordes seguidos de fechamento.

Mas logo se viu que não seria assim tão fácil. A página da crise sanitária e, na sequência, econômica tende a tardar mais do que se pensava para ser virada. E aquela alta acelerada foi se transformando em perdas, em ritmo lento, mas persistente. Como se uma enorme, gigantesca ficha fosse caindo do céu até aterrissar, semana a semana. Vagarosa, mas pesada.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.